sexta-feira, 24 de março de 2017

TARAUACÁ: QUEM MORA EM ÁREA DE RISCO OU RECEBE BOLSA FAMÍLIA ESTÁ ISENTO DO IPTU 2017




A Prefeitura de Tarauacá lançou através do setor de tributos, a campanha de arrecadação do Imposto Predial e Territorial Urbano ( IPTU), para ano de 2017. O IPTU pode ser pago em cota única, ou ainda, parcelado em até 10 vezes sem juros. Para os contribuintes que optarem pelo pagamento em parcela única e não tem débitos anteriores com a Prefeitura, serão concedidos 20% de desconto para a quitação.

Muitas pessoas estão reclamando que o imposto estaria sendo cobrado em algumas áreas consideradas de risco e alagadiças. Além disso beneficiários do Bolsa Famílias também receberam o carnê de pagamento do tributo. Esses contribuintes são considerados isentos e não pagavam o tributo na gestão anterior. 


Fabrício Moura - Diretor de Tributos

De acordo com o diretor de Tributos, Fabrício Moura, os contribuintes isentos na gestão passada não precisam se preocupar, pois, não haverá nenhuma cobrança indevida. 

"Como não houve um processo de transição nós usamos o programa de impressão usado na administração anterior. Pelo sistema, todos os carnês foram impressos e estão sendo entregues. As pessoas que moram em área de risco ou que recebem bolsa família deverão se dirigir até o nosso setor para que possamos dar baixa no sistema e assim garantir suas isenções", esclareceu Fabrício.

quarta-feira, 22 de março de 2017

VEREADORA JANAINA FURTADO APRESENTA PROJETO DE LEI QUE OFICIALIZA E PADRONIZA AS CORES DO MUNICÍPIO


Os vereadores de Tarauacá aprovaram na sessão ordinária realizada nesta terça feira, 21 de março, um Projeto de Lei de autoria da Vereadora Janaina Furtado da Rede Sustentabilidade que oficializa e padroniza as cores do município. Pela proposta, ficam INSTITUÍDAS E DEFINIDAS AS CORES OFICIAIS DO MUNICÍPIO, A SEREM UTILIZADAS EM PLACAS, PEÇAS PUBLICITÁRIAS, UNIFORMES, IDENTIFICAÇÃO DE BENS IMÓVEIS E MÓVEIS DO MUNICÍPIO DE TARAUACÁ E DÁ OUTRAS PROVIDÊNCIAS.


De acordo com a parlamentar, o Projeto de Lei apresentado tem como justificativa principal, a padronização oficial das cores de Tarauacá, um município centenário e que ainda não tem oficialmente reconhecidas as suas cores. Pelo projeto, ficam estabelecidas as cores verde, vermelha e branca,, que são as predominantes na bandeira e brasão do município, como coloração oficial que deverá predominar nas placas, peças publicitárias, uniformes, identificação de bens imóveis e móveis pertencentes à municipalidade. 


"A lei proposta, põe fim às mudanças rotineiras de cores, logomarcas, modelos de uniformes escolares, pinturas de prédios públicos e outros atos administrativos do poder executivo. Além disso, proíbe a administração pública de usar cores que identifiquem o partido politico do chefe do executivo, e logomarcas de governos, como vimos nos últimos anos em nosso município", argumentou a vereadora. 

Janaína cita como exemplo a questão das cores e modelos dos uniformes escolares, que mudam de acordo com os interesses e os gostos de cada administração. 


"Os uniformes escolares, por exemplo, mudam de cores, modelos e logomarcas a cada governo que se elege, elevando os custos dos gastos pelas famílias dos estudantes. Cada prefeito institui a cor que identifique a sua campanha eleitoral ou seu partido, o que inclusive é crime de acordo com a nossa constituição. A proposta de lei diz que as roupas (uniformes) usadas nas instituições públicas terão como identificação a bandeira do município, ficando expressamente proibido o uso de qualquer imagem, cor ou frases ligadas às administrações eleitas" justificou, Janaina.

O projeto agora vai para a análise das comissões para receberem os pareceres favoráveis ou contrários e em seguida passará por nova votação em plenário para poder ser sancionado pela prefeita Marilete.

PROJETO DE LEI Nº 003/2017 

"INSTITUI E DEFINE AS CORES OFICIAIS DO MUNICÍPIO DE TARAUACÁ, A SEREM UTILIZADAS EM PLACAS, PEÇAS PUBLICITÁRIAS, UNIFORMES, IDENTIFICAÇÃO DE BENS IMÓVEIS E MÓVEIS DO MUNICÍPIO DE TARAUACÁ E DÁ OUTRAS PROVIDÊNCIAS". 


A CÂMARA MUNICIPAL DE TARAUACÁ, Estado do Acre, aprovou e eu, Marilete Vitorino de Siqueira, Prefeita Municipal, no uso das prerrogativas legais, sanciono a seguinte Lei: 


Art. 1º - Ficam estabelecidas as cores verde, vermelha e branca, que são as predominantes na bandeira e brasão do município, como coloração oficial que deverá predominar nas placas, peças publicitárias, uniformes, identificação de bens imóveis e móveis pertencentes ao Município de Tarauacá. 


Parágrafo Único - Serão admitidas variações de tons das cores mencionadas no caput deste artigo. 


Art. 2º - Os imóveis públicos, os particulares utilizados pela administração direta, indireta, autárquica e fundacional do Município, bem como as obras de engenharia e arquiteturas públicas, obrigatoriamente, serão pintadas na parte externa com as cores oficiais do Município. 


Parágrafo Único - A utilização das cores oficiais do Município, instituída por esta lei, será obrigatória quando da construção ou reforma dos prédios públicos ou utilização nos demais casos de que trata o artigo anterior. 


Art. 3º - Poderá ser dispensada a utilização das cores do Município, quando: 


I - o bem imóvel, móvel ou obra que, por sua identificação e ou visualização, exigir cores especiais em normas nacionais ou internacionais; 


II - se tratar de obras de arte ou bens tombados como patrimônio histórico e cultural, assim definidos em lei; 


III - se tratar de imóveis cedidos por órgãos da administração indireta do Estado ou da União; 


IV - identificar campanhas educativas específicas, sem fins lucrativos e com duração determinada, desde que não indique cor que identifique partido político ou marca pessoal do administrador. 


Art. 4º - Os veículos automotores e máquinas, pertencentes à frota municipal, deverá conter elementos de identificação nas cores instituídas, contendo o brasão do município de Tarauacá; 


§ 1º A obrigatoriedade da utilização das cores do Município deverá se estender aos permissionários de serviços públicos municipais; 


§ 2º Os terceirizados, além do brasão, deverão ser identificados com a inscrição "a serviço do município de Tarauacá"; 


§ 3º O disposto no caput deste artigo não se aplica aos veículos de uso exclusivo do Prefeito. 


Art. 5º - as roupas (uniformes) usadas nas instituições públicas terão como identificação a bandeira do município ficando expressamente proibido o uso de qualquer imagem, cor ou frases ligadas às administrações eleitas. 


Parágrafo Único – No caso de uniformes escolares, só poderão conter como inscrição gravada no tecido, o nome da instituição de ensino e como imagem a bandeira do município. 


Art. 6º - Esta Lei entra em vigor na data de sua publicação. 


Tarauacá-Acre, 21 de março de 2017.

terça-feira, 21 de março de 2017

Marilete Vitorino nomeia Gleicioney Fernandes para o cargo de secretário de agricultura de Tarauacá

Por Leandro Matthaus
Com informações da assessoria da prefeitura.



Foto: assessoria

A prefeita de Tarauacá, Marilete Vitorino, empossou na manhã desta terça-feira, 21, o novo titular da secretaria municipal de Agricultura, Gleicioney Fernandes. Ele já respondia pela pasta como coordenador. Pois, a gestora não havia nomeado ninguém para o posto desde sua posse em 1° de janeiro.

O novo secretário assume a pasta a convite da própria prefeita que  confiou-lhe a responsabilidade mediante sua larga experiência na referida área. Ele já trabalhou na Seaprof de Tarauacá. Além disso ele é produtor rural. 

Confira a Portaria abaixo.

ESTADO DO ACRE PREFEITURA MUNICIPAL DE TARAUACÁ GABINETE DA PREFEITA DECRETO Nº 35/2017 DE 20 DE MARÇO DE 2017. 

A PREFEITA DO MUNICÍPIO DE TARAUACÁ, Estado do Acre, no uso de suas atribuições legais previstas na Lei Orgânica do Município e Lei Municipal nº 795/2014; RESOLVE: 

Art. 1º - Nomear, o servidor GLEICIONEY FERNANDES BENTO, portador do CPF de N°683.569.782-20, para o cargo em Comissão de Secretário da Secretaria Municipal de Agricultura, referência CEC-5, do Quadro de Pessoal da Prefeitura Municipal de Tarauacá. 

Art. 2º - Fica revogada a portaria nº 03/2017 de 02 de janeiro de 2017, Edital de número 11.970, folha 123. 

Art. 3° - Este Decreto entrará em vigor na data de sua publicação, com efeitos financeiros ao dia 01 de março de 2017. 


MARILETE VITORINO DE SIQUEIRA 
Prefeita de Tarauacá

domingo, 19 de março de 2017

Em Jordão, geradores adquiridos com emenda de Petecão tiram 800 pessoas da escuridão total

RAY MELO, DA EDITORIA DE POLÍTICA DO AC24HORAS



O senador Sérgio Petecão (PSD-AC) anunciou o início do processo de entrega de três geradores para comunidades do Jordão que ainda vivem sem acesso à energia elétrica. Os equipamentos foram adquiridos com recurso proveniente de emenda parlamentar do senador ao Orçamento da União de 2017, no valor de R$ 150 mil.

Cerca de 800 moradores das comunidades do Novo Porto, Douro e Aldeia Boa Vista serão beneficiados com a iniciativa. “É uma grande vitória garantir mais qualidade de vida ao povo de Jordão. Estamos atentos às demais necessidades da região e vamos continuar trabalhando, contudo, estou feliz em saber que os geradores irão suprir a falta de energia elétrica para pessoas que viviam no escuro”, disse Petecão.

Os geradores são transportados com o auxílio de pequenas embarcações através Rio Tarauacá e seguem até o município de Jordão. O trajeto pode durar até oito dias.

Dilma diz ao TSE que pagou despesas de Temer e que chapa não pode ser dividida

Se depender de Dilma Rousseff ( PT), o usurpador de mandato Michel Temer( PMDB) não ficará no cargo até o final de 2018. A defesa da ex-governante que foi deposta por um congresso composto na grande maioria de corrupto entregou ao TSE sua defesa dizendo que a chapa Dilma/Temer não pode ser julgada de forma separada. Porque o dinheiro beneficiou a chapa, não somente a petista. Inclusive, a presidente Dilma pagou as contas do vice golpista. 

 https://noticias.uol.com.br/politica/ultimas-noticias/2017/03/18/defesa-diz-que-dilma-pagou-despesas-de-temer-e-mostra-prestacao-unica-de-contas.htm?cmpid=copiaecola

sexta-feira, 17 de março de 2017

Tarauacá: Filho do sargento da PM Altemir Nascimento (Léo) disse que o pai teme pela vida após ser transferido de Tarauacá para Feijó

Yuri Farias, filho do sargento da PM Altemir Nascimento (Léo), escreveu uma nota de repúdio, na qual, foi postada no blog do AcciolyTk, fazendo duras críticas ao comandante da PM do município, Major Ruiz. O jovem acusa o major de perseguir seu pai. 

O sargento foi transferido esta semana do 7º batalhão da PMAC que fica no município de Tarauacá para o batalhão da cidade de Feijó, município distante de Tk a 45 km. O PM tem 24 anos de atuação na cidade. Segundo uma postagem da vereadora Janaína Furtado (REDE), autora do movimento #FicaLeo na rede social Facebook, a transferência foi motivada por divergência entre o subordinado e o comandante. 

Além de acusar o comandante de perseguição, Yuri afirmou que o pai teme pela própria vida e a vida dele [ Yuri ], após ter sido transferido.

A transferência do sargento causou indignação nas redes sociais. Centenas de comentários foram postados pedindo a permanência do PM na cidade. Inclusive, tem pessoas organizando uma manifestação para hoje na frente do quartel da polícia militar. 

O espaço fica aberto para ouvir outro lado da história



Meu nome é Yuri Farias de Figueiredo. 


Sou filho do Sargento PM Altemir, lotado no 7' Batalhão de Tarauacá.


Venho por meio deste meio de comunicação, expressar minha indignação e revolta. Hoje com muita tristeza recebi a notícia que meu pai Sargento Altemir havia sido transferido para o município de Feijó, por perseguição do comandante da Unidade de Polícia daquele município. Meu pai tem 24 anos de Polícia, tem 27 elogio na sua ficha, foi escolhido em 2006, 2007, 2008 e 2011 como policial destaque do ano. Meu pai goza de bastante respeito e admiração seus pares, autoridades e da sociedade de Tarauacá, pelo seu histórico de combate à criminalidade e manutenção da ordem.

Venho por meio dessa nota expressar o meu desprezo e repúdio a esse comandante, que a pouco dias foi chamado pelo Deputado Jesus Sérgio na assembléia legislativa e nas redes sociais de "comandante de gabinete e de comandante desorganizado". Vejo que o nobre Deputado tinha razão. Creio que os militares daquela Unidade estejam envergonhado de tal atitude de seu comandante. Esse cidadão com tal atitude está envergonhando a briosa PMAC, que foi eleita a Polícia mais honesta do País. Até quando nossos profissionais de segurança vão ter que ficar passando por esse tipo de humilhação? A época da ditadura, da perseguição e transferir e tirar o policial dos seios de sua família já passou. Tal atitude é arcaica, coisa de quem pensa miúdos. Hoje as coisas mudaram, esse tipo de humilhação ninguém aceita mais. 

Senhor comandante Geral, Secretário de segurança e Governador, não deixem esse tipo de coisas acontecerem. Esse cidadão não merece tá na frente de uma tropa digna e honrosa como a de Tarauacá. 

Meu pai me confidenciou que teme pela sua vida e até mesmo pela minha. 

Então fica aqui registrado se algo de mal acontecer ao meu pai e até mesmo a mim. Já sabem por onde começar a investigar.

Yuri Farias de Figueiredo.

Carne Fraca: esquema de frigoríficos abastecia PP e PMDB. "O partido do Temer era contemplado com a venda de carne podre", segundo investigação da PF

© image/jpeg Operação Carne Fraca da Polícia Federal

Parte da propina paga no esquema desvendado Operação Carne Fraca ia para dois partidos políticos, o PMDB e o PP, segundo o delegado Maurício Moscardi Grillo, da Polícia Federal. Em entrevista, ele disse que, embora não fosse possível afirmar para quais políticos ia o dinheiro, os autos das investigações da “deixam claro” esse vínculo entre o esquema e as legendas.

O ex-superintendente regional do Ministério da Agricultura, Daniel Gonçalves Filho, foi citado por Grillo. Segundo o delegado, é possível presumir que ele, apontado como um dos líderes do esquema criminoso, tenha ocupado cargos públicos de relevância mediante compensações para atores políticos que eventualmente o sustentassem nessas funções.
Clique para expandir
PMDB e PP usaram megafrigoríficos para propina

O esquema revelado pela operação mostra que funcionários de frigoríficos, entre eles alguns ligados às maiores empresas do mercado de carnes no Brasil, a BRF e a JBS, corrompiam intencionalmente fiscais do Ministério da Agricultura para a aprovações de certificados de qualidade de produtos que não tinham as condições mínimas, por lei, de serem comercializados. Os delitos vão de produtos vencidos, reembalados e com rótulos adulterados, até adulterados, com carnes residuais que deveriam ser descartadas.
Veja também:


Havia uso de materiais como papelão e restos diversos em comidas preparadas e produtos enlatados, como salsichas, entre outros. Na divulgação da operação, a PF não individualizou as condutas de cada frigorífico.

Outro lado

“Em relação a operação realizada pela Polícia Federal na manhã de hoje, a JBS esclarece que não há nenhuma medida judicial contra os seus executivos. A empresa informa ainda que sua sede não foi alvo dessa operação.

A ação deflagrada hoje em diversas empresas localizadas em várias regiões do país, ocorreu também em três unidades produtivas da Companhia, sendo duas delas no Paraná e uma em Goiás. Na unidade da Lapa (PR) houve uma medida judicial expedida contra um médico veterinário, funcionário da Companhia, cedido ao Ministério da Agricultura. 

A JBS e suas subsidiárias atuam em absoluto cumprimento de todas as normas regulatórias em relação à produção e a comercialização de alimentos no país e no exterior e apoia as ações que visam punir o descumprimento de tais normas.

A JBS no Brasil e no mundo adota rigorosos padrões de qualidade, com sistemas, processos e controles que garantem a segurança alimentar e a qualidade de seus produtos. A companhia destaca ainda que possui diversas certificações emitidas por reconhecidas entidades em todo o mundo que comprovam as boas práticas adotadas na fabricação de seus produtos. 

A Companhia repudia veementemente qualquer adoção de práticas relacionadas à adulteração de produtos – seja na produção e/ou comercialização – e se mantém à disposição das autoridades com o melhor interesse em contribuir com o esclarecimento dos fatos.”

Jordão: Prefeitura vai contratar 29 professores e 33 merendeiras para atuarem na educação indígena



Por Blog do Accioly Tk

A prefeitura de Jordão, no estado do Acre, mediante lançamento do Edital 2/2017, torna público a realização de processo seletivo para Professor Zona Rural – Escolas Indígenas e Merendeira. O salário é de até R$ 1.043,00.

O certame visa preencher 29 vagas para professor e 33 para merendeira, distribuídas nas Aldeias: Novo Natal, Bela Vista, Astro Luminoso, Verde Floresta, Três Fazenda, Mãe Bêna, Novo Segredo, Flor da Mata, Nova Aliança, Coração da Floresta, Pão Sagrado, Canafista, Novo Lugar, Nova empresa, Boa Vista, Paz do Senhor, Bom Jesus, Altamira, São Joaquim, Barí, Morada Nova, Bom Futuro, Nova Extrema, Nova União, Boa Esperança, entre outras.

As inscrições ocorrerão no prédio do Conselho Municipal de Educação SEME, em horário comercial, das 08h30min às 17h 00min, até dia 21 de Março de 2017.

De acordo com o cronograma, a Prova Objetiva e Entrega do Curriculum no local da prova têm data prevista para dia 02 de Abril de 2017. O resultado final deve ser liberado no dia 06 de Abril de 2017.

O presente Processo Seletivo Simplificado terá o prazo de 10 (dez) meses, com início a partir da data de publicação da homologação do resultado final, podendo ser prorrogado por mais 10 (dez) meses no ano subsequente. A íntegra do edital saiu no Diário Oficial do Acre, Nº 12.011, a partir da página 58. (http://www.diario.ac.gov.br/)

terça-feira, 14 de março de 2017

Tarauacá: Os tucanos estão bem acomodados

Se há um grupo político bem acomodado na gestão Avança Tarauacá são os tucanos. Grande em nível nacional, mas um nanico local, os psdbistas conseguiram galgar bons cargos na gestão que eles ajudaram a construir. 

O PSDB não elegeu nenhum candidato ao parlamento, mas foi um dos mais privilegiados na divisão do bolo administrativo. Os tucanos foram contemplados com a maior secretaria do município, a de Educação, a coordenação de Esporte, e dois cargos na coordenação de comunicação. Na verdade, os líderes dos PSDB no município estão todos lotados em cargos comissionados. 

Por Leandro Matthaus
Blog Tarauacá Agora 



Meu lado é o povo, diz vereadora Veinha do Valmar

A vereadora Neirimar " Veinha do Valmar " ( PDT), demonstrou por meio de discurso que não está tão satisfeita com os primeiros dois meses de gestão da prefeita Marilete Vitorino ( PSD). A vereadora criticou a falta de medicamento na farmácia do município, entre os medicamentos apontados pela parlamentar está a cefalexina ( utilizado para curar micoses comuns). A vereadora deixou claro que o seu lado é o povo, pois foi eleita por eles. Cujo erros da gestão ela irá apontar na tribuna. 

Veinha também criticou o descaso do TFD. A edil enfatizou que o órgão está deixando de cumprir com os deveres que são de sua incumbência.

Leandro Matthaus/ Blog Tarauacá Agora

segunda-feira, 13 de março de 2017

NO DIA 15 VAMOS ÀS RUAS DEFENDER O DIREITO À APOSENTADORIA E A JUSTIÇA

A população de Tarauacá, assim como a maioria do povo brasileiro, ainda não se deu conta da violência que o governo ilegítimo de Michel Temer está fazendo contra a população.

Quer aprovar as pressas, uma reforma da previdência que ameaça o futuro dos trabalhadores, principalmente dos idosos. A proposta praticamente elimina os direitos ao atendimento previdenciário e torna quase impossível a aposentadoria. 

Michel Temer quer fixar a idade mínima da aposentadoria em 65 anos; quer aumentar o tempo de contribuição para aposentadoria integral para 49 anos; quer que homens e mulheres e os trabalhadores rurais e urbanos tenham tratamento igual apesar das diferenças que há entre eles. Quer reduzir a aposentadoria por invalidez a meio salário mínimo.

Michel e sua tropa do golpe, com intuito de calar e conter a revolta popular, fazem propaganda institucional terrorista com ameaças. Dizem que se não for aprovada a tal reforma, vai acabar O Bolsa Família e, no futuro não vai ter dinheiro para pagar a aposentadoria. É uma mentira!

O PCdoB de Tarauacá, que sempre esteve na linha de frente das lutas por direitos e justiça, conclama os servidores públicos, trabalhadores rurais, a população indígena, a juventude, os aposentados e todos os homens e mulheres conscientes, para participar nesta quarta-feira (15) de uma grande manifestação de protesto, para defender o direito à aposentadoria e a dignidade humana.

A PEC 287 está na Câmara dos Deputados para ser votada a toque de caixa como quer Michel Temer. A nossa pressão aos deputados e senadores do Acre pode impedir essa tragédia contra o povo brasileiro.

Chagas Batista- Presidente do PCDOB de Tarauacá, ex vereador e vice-prefeito.

Prefeito autoriza contratação de 228 temporários em Santa Rosa do Purus

Contratos serão de um ano, podendo ser prorrogados por mais um ano. Ainda não há definição de data para publicação do edital.

Por Iryá Rodrigues
Do G1 AC

O prefeito da cidade de Santa Rosa do Purus, no interior do Acre, autorizou a contratação, por tempo determinado, de 228 profissionais pelas secretarias de Ação e Assistência Social, de Educação e Saúde. As contratações vão ser para atender necessidade temporário excepcional de interesse público. A lei nº 01/2017 foi publicada na edição desta segunda-feira (13) do Diário Oficial do Estado (DOE). Ainda não há definição de data para publicação do edital.

Serão três vagas para a Secretaria de Ação e Assistência Social, sendo uma vaga de nível superior para o cargo de assistente social/pedagogo, com carga horária de 40 horas e duas vagas para nível médio, também com carga horária de 40 horas.

O valor da remuneração para os dois cargos não foi informado na publicação.

Para a Secretaria de Educação, 39 vagas para professor de nível superior, para trabalhar no EJA do 1º e 2º seguimentos e no ensino fundamental, de 6º ao 9º ano. A carga horária é de 25 horas, com remuneração de R$ 1.272,00. Para o nível médio, são 90 vagas para dar aula no ensino infantil e fundamental, do 1º ao 5º ano, também para com carga horária de 25 horas e remuneração de R$ 1.126,00.

Já para o nível fundamental, na área da Educação, são 40 vagas para cargo de apoio nas escolas rurais (limpeza e merenda) com carga horária de 25 horas e salário de R$ 960. Além disso, mais 20 vagas para transportador de alunos (barqueiro) e remuneração de R$ 960, outras 14 vagas para auxiliar operacional de serviços diretos com salário de R$ 960, duas vagas para cuidador de ônibus e quatro para merendeira também com remuneração de R$ 960.

Ao todo, serão 17 vagas para a Secretaria de Saúde, sendo duas de nível superior para assistente social e educador físico, com carga horária de 30h e salário de R$ 1,2 mil. Para o nível médio são duas vagas para serviços diversos, três para técnico de enfermagem, oito para agente de saúde, um para motorista e um para auxiliar administrativo, todos com remuneração de R$ 937.

Os contratos serão de um ano, com possibilidade de prorrogação por mais um ano. Decorrido o período de dois anos, caso seja prorrogado, a partir da contratação, não mais poderão ter vigência os contratos firmados com base na autorização contida na portaria.

sábado, 11 de março de 2017

Ninguém aceita o Temer. Até os indígenas reprovam o golpista


A demonstração de reprovação do golpista e acusado de corrupção Michel Temer (PMDB), presidente do país, está evidente nesta imagem. Um índio aponta a flecha em direção a foto do presidente que pretende extinguir os pobres com as reformas de seu governo, entre elas a PEC da morte ( PEC da previdência). 

Por Leandro Matthaus